Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



7 dicas para manter sua saúde financeira Saúde Financeira

Home > Matérias > Saúde Financeira > 7 dicas para manter sua saúde financeira

7 dicas para manter sua saúde financeiralições sobre dinheiro

As atitudes que tomamos em relação ao nosso dinheiro é o que irá determinar boa parte de nossa qualidade de vida. Portanto, manter hábitos financeiros saudáveis e responsáveis é fundamental para viver com menos estresse e alcançar objetivos e sonhos.

Confira a seguir 7 lições para você aprender a lidar melhor com o seu dinheiro:

1 – Saiba como se organizar

Para muitas pessoas, o final do mês pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça ao perceberem que gastaram mais do que tinham na conta corrente. Para ter controle sobre o seu dinheiro, é importante fazer o acompanhamento regular dos gastos - seja com a ajuda do bom e velho bloquinho de anotações ou até mesmo com o uso de planilhas de computador e aplicativos de celular. Assim, é possível se planejar melhor para os próximos meses e cortar gastos desnecessários.

2 – Priorize seus gastos

Identifique quais áreas de sua vida são mais importantes para você (aluguel, atividades de lazer, como shows, restaurantes, etc.). Se, por exemplo, você alugou um apartamento caro, certifique-se de que essa foi a melhor decisão, pois provavelmente boa parte se seu salário está indo para essa área de sua vida. Se você perceber que está gastando seu dinheiro de uma maneira que o deixa infeliz, é melhor rever seus planos.

3 - Quais dívidas pagar antes

Separe todas as suas dívidas por juros – do mais alto ao mais baixo. Priorize as que têm juros mais altos, pagando-as integralmente. Faça isso até quitar todos os seus débitos por completo. Essa medida o ajudará a perder menos dinheiro em longo prazo.

4 – Evite esquecimentos; automatize suas contas

Um jeito de não esquecer de pagar todas as contas é programar débitos automáticos. Assim fica você mais seguro e não corre risco de pagar juros por uma conta que foi esquecida.

5 - Como deve ser seu fundo de emergência

O total de reservas mantidas em um fundo de emergência é algo que varia de pessoa para pessoa. No entanto, a recomendação padrão dos especialistas é economizar cerca de seis meses dos seus gastos atuais para caso ocorra algum imprevisto, como a perda do emprego.

6 - Poupar para alcançar um objetivo

Quais são seus sonhos hoje? Fazer uma viagem para fora? Comprar uma casa? Tenha em mente quais são seus desejos de curto, médio e longo prazo e o quanto você precisará poupar para alcançá-los. Com objetivos claros, é mais fácil saber para onde direcionar seu dinheiro.

Especialistas em finanças afirmam que no caso de planos de curto prazo (até um ano), a caderneta de poupança é a melhor opção para guardar dinheiro. Já para os sonhos de médio e longo prazo, pode ser mais interessante optar por fundos de investimentos, que apresentam rendimentos maiores que os da poupança. Informe-se com um profissional.

7 – Converse com o seu parceiro sobre dinheiro

Brigas de casais relacionadas a dinheiro são alguns dos principais motivos de separações. Por mais que possa ser desagradável, é fundamental manter o diálogo aberto com o seu parceiro sobre dinheiro e alinhar os objetivos. Um planejamento em conjunto pode evitar desavenças e ainda aumentar as receitas.

Voltar