Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

//
-
Clínicas disponíveis para algumas localidades de São Paulo/SP. Indique no campo "Observações" a localidade de sua preferência: Freguesia do Ó, Indianópolis, Lapa, Paraíso, Pinheiros, Santana, Sta Cecília, Sta Cruz , Sto Amaro, São Judas, São Miguel, Tatuapé
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os beneficiários SulAmérica Saúde e a participação está sujeita às condições de elegibilidade. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Adote Estratégias para Aliviar a Ansiedade Saúde Mental

Home > Matérias > Saúde Mental > Adote Estratégias para Aliviar a Ansiedade


sulamerica_2020_saude_artigo_aliviar-ansiedade_header
ADOTE ESTRATÉGIAS PARA ALIVIAR A ANSIEDADE


Entre os problemas que afetam a nossa
saúde mental, a ansiedade é a mais comum, e agora, com o isolamento social obrigatório, está ainda mais recorrente, especialmente em quem já apresentava quadros anteriores. As crises de ansiedade são desencadeadas por sentimentos como medo, preocupação e angústia em excesso. O nosso corpo, então, fica em estado de alerta, como se algo ruim estivesse prestes a acontecer; e os sintomas não são nada agradáveis: falta de ar, taquicardia, tensão muscular e até tremores. Mas, na medida do possível, você pode tentar administrar suas emoções para amenizar e até reduzir a frequência dos sintomas ansiosos no dia a dia. Saiba quais estratégias adotar para isso.





sulamerica_2020_saude_artigo_aliviar-ansiedade_01


TIRE UM TEMPO PARA VOCÊ


Sempre que perceber qualquer sinal de ansiedade, dê uma pausa no que estiver fazendo e procure se distrair com algo prazeroso – de preferência, longe da televisão, das redes sociais ou de outras fontes de notícias que possam agravar a tensão. Pode ser qualquer coisa considerada relaxante, desde um banho até o preparo de uma comida (cozinhar pode funcionar como uma terapia). Mudar o foco por alguns minutos do trabalho ou de qualquer tarefa estressante ajuda você a esvaziar a mente e, então, voltar à realidade com mais calma.




sulamerica_2020_saude_artigo_aliviar-ansiedade_02

CONVERSE COM ALGUÉM QUERIDO

A quarentena mantém as pessoas longe fisicamente, mas você pode (e deve) fazer chamadas de vídeo (ferramenta que está sendo bastante usada durante a pandemia) com os amigos e as pessoas da família. Se estiver ansioso(a), escolha alguém de confiança ou procure auxílio psicológico remoto para falar sobre seus sentimentos. Divida seus medos, angústias e situações que geram ansiedade. Você pode encontrar conforto, acolhimento e até identificação, até porque muitas pessoas estão vivenciando as mesmas emoções neste período.


sulamerica_2020_saude_artigo_aliviar-ansiedade_03

PRATIQUE MINDFULNESS

O nome é complicado, mas a prática é simples. Trata-se de um tipo de meditação que propõe atenção plena no momento presente. Reconhecido pelo Ministério da Saúde, a técnica acalma a mente e, com isso, permite ao praticante sair do processo ansioso. Existem vários exercícios de mindfulness que podem ser aplicados em uma crise de ansiedade:


sulamerica_2020_saude_artigo_aliviar-ansiedade_04

O mindfulness pode ser praticado diariamente, com meditações guiadas, e aplicado aos poucos em atividades cotidianas, como comer, dirigir e caminhar (até mesmo dentro de casa). Estudos da American Psychological Association levantaram alguns benefícios comportamentais proporcionados pelo estado de atenção plena:

 

  • Redução do estresse e de pensamentos negativos

  • Aumento do foco

  • Fortalecimento da memória

  • Melhor controle das emoções


sulamerica_2020_saude_artigo_aliviar-ansiedade_05

FAÇA EXERCÍCIO FÍSICO


Além de controlar os hormônios da ansiedade (adrenalina e cortisol), a atividade física estimula a produção dos hormônios do bem-estar (endorfina e serotonina). Qualquer modalidade que coloca o corpo em movimento promove esses efeitos positivos, desde uma aula de exercícios aeróbicos até uma simples caminhada, de acordo com o
Ministério da Saúde. Ao focar no corpo para a execução correta dos movimentos, você também dá uma pausa nos pensamentos ansiosos, especialmente em práticas como o yoga, que alia posturas corporais ao controle da respiração e proporciona calma e clareza mental.



Se a ansiedade apertar, os beneficiários SulAmérica contam com o
Única Mente, iniciativa pensada para prevenir, diagnosticar e tratar algumas doenças da mente que atingem a vida moderna, e também com o Psicólogo na Tela, que oferece o serviço de psicoterapia por vídeo. Procure apoio profissional sempre que não conseguir controlar suas emoções.

 

Artigos relacionados:

Coronavírus: mantenha sua saúde mental a salvo

Controle do estresse: dicas fáceis e comprovadas


Voltar