Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
Iniciativa disponível para algumas localidades
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os beneficiários SulAmérica Saúde e a participação está sujeita às condições de elegibilidade. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



O que Você Ainda Não Sabe Sobre a Cárie Saúde Bucal

Home > Matérias > Saúde Bucal > O que Você Ainda Não Sabe Sobre a Cárie



header-sulamerica-caries

A cárie dental é a segunda doença mais frequente mundialmente, perdendo apenas para o resfriado. Atualmente, estudos mostram que entre 60% e 90% das crianças afetadas estão em idade escolar. Essa questão é ainda mais agravante no caso dos adultos, uma vez que chega a afetar quase 100% do público em todo o mundo*, assim como cerca de 30% dos adultos entre 65 e 74 anos não possuem mais dentes naturais.

A boa notícia é que em 2010 o Brasil entrou no grupo dos países com baixa incidência de cáries. Parte disso se deve ao aumento de investimentos feitos pelo governo federal em programas de saúde bucal para conscientizar a população, bem como a expansão da fluoretação da água de abastecimento público em diversos municípios do país.

Apesar da redução significativa da incidência da doença, é imprescindível manter os cuidados essenciais para garantir a saúde bucal em qualquer idade, em especial as pessoas que fazem parte dos grupos com maior risco de desenvolver cárie:


grafico1-sulamerica-caries

É recomendado que mulheres grávidas também tenham um cuidado maior com a higiene bucal a fim de evitar cáries, visto que é comum o aumento de consumo de alimentos, em especial doces e carboidratos, durante esse período.** 


MAS O QUE É A DOENÇA DA CÁRIE? 

Em resumo, a cárie é caracterizada pela deterioração dos tecidos do dente, sendo fortemente influenciada pelo estilo de vida do indivíduo, como ausência de higiene bucal adequada, hábitos alimentares pouco saudáveis e consumo excessivo de álcool e tabaco. 

Na cavidade bucal estão presentes milhões de bactérias, no entanto a destruição do esmalte e da dentina (parte formadora do dente localizada mais internamente, abaixo do esmalte) ocorre quando tipos específicos de bactérias produzem ácidos a partir de restos alimentares. A principal bactéria responsável pelo início da cárie é a Streptocopccus Mutans.  

Começam a surgir então pequenas manchas brancas no dente, onde o esmalte foi mais atingido. Identificar se é ou não cárie é tarefa para um profissional, mas geralmente quem tem uma cárie sente dor ao mastigar e sensibilidade ao frio ou a alimentos doces. 

Há três tipos de cáries:


grafico2-sulamerica-caries

O diagnóstico da doença deve ser realizado por um profissional, que através de uma avaliação detalhada da condição bucal executará o tratamento mais adequado. Se o processo carioso não for tratado, ele progredirá, ocasionando até mesmo a perda do dente.  

 

COMO PODEMOS EVITAR A CÁRIE DENTÁRIA?

A melhor forma para evitar a cárie dentária é a prevenção, com uma dieta balanceada (restringir o consumo de açúcar e amido), higiene bucal satisfatória (escovar os dentes e passar o fio dental no mínimo três vezes ao dia, ou após cada refeição, especialmente depois da última refeição do dia, pois quando dormirmos produzimos uma quantidade menor de saliva) e fazer uso de produtos que contenham flúor.  Mas também é recomendado consultar um cirurgião dentista a cada 6 meses.

 

Cuide-se e mantenha seu sorriso aberto e sem cáries.



Artigos relacionados:
Cuidando da saúde bucal na gestação
Conheça os efeitos do estresse na saúde bucal
 
* Organização Mundial da Saúde
**Ministério da Saúde




Voltar