Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
Iniciativa disponível para algumas localidades
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os beneficiários SulAmérica Saúde e a participação está sujeita às condições de elegibilidade. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Veja como se proteger da dengue, zika vírus e chikungunya Epidemias

Home > Matérias > Epidemias > Veja como se proteger da dengue, zika vírus e chikungunya

shutterstock_583934965 copyVeja como se proteger da dengue, zika vírus e chikungunya

A única forma de combater os focos do mosquito transmissor é evitar água parada; veja algumas dicas essenciais

A chegada das estações mais quentes e chuvosas do ano gera as condições ideais de procriação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya – três das doenças que mais vêm assustando a população nos últimos anos. Por isso, é importante reforçar a atenção com os cuidados preventivos contra o inseto.

Você sabia que, segundo estatísticas do governo federal, 80% dos focos do Aedes aegypti estão nas residências? Armazenar água de forma incorreta; deixar recipientes de plantas no quintal com água parada; ou esquecer vãos em ralos e caixa d’água são algumas das principais razões que fazem dos ambientes domésticos verdadeiros criadouros do mosquito.

Confira a seguir como combater os focos do Aedes aegypti na sua casa:

1 – Recipientes que acumulam água, como baldes e garrafas, devem estar sempre virados para baixo.

2 – Encha com areia os pratos dos vasos das plantas.

3 – No caso de plantas aquáticas, troque a água semanalmente e lave os vasos com escova e sabão.

4 – Mantenha a lixeira sempre tampada, com o lixo devidamente armazenado em sacos plásticos fechados.

5 – Caixas d’água devem permanecer tampadas. Se houver alguma rachadura, troque-as.

6 – Mantenha os ralos dos banheiros pouco usados tampados. As tampas dos vasos sanitários devem permanecer fechadas e com água sanitária.

7 – Limpe as calhas regularmente, não as deixando entupir

8 - Não acumule água em varandas ou lajes.

9 – Livre-se dos pneus velhos. Você pode devolvê-los no local onde foram comprados ou encaminhá-los ao departamento de reciclagem de sua cidade.

10 – Se você tem piscina em casa, não se esqueça de tratar a água com cloro. No caso de piscina de plástico, além de tratar a água, é importante mantê-la tampada.

11 – Os bebedouros de animais domésticos devem ser lavados com água e sabão regularmente.

Dengue, zika vírus e chikungunya

Febre, dor de cabeça, dor atrás dos olhos e nas articulações, além de manchas vermelhas no corpo, são alguns dos sintomas das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, e podem surgir entre dois a dez dias após a picada do mosquito.

Entre as três condições, a dengue é considerada a mais grave, podendo levar à morte. Já o zika vírus está relacionado a uma síndrome neurológica que causa paralisia, a Síndrome de Guillain-Barré, e também aos casos de microcefalia em bebês.

Faça a sua parte: combata os focos do Aedes aegypti! Prevenir é sempre o melhor caminho.

Voltar