Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Conheça os benefícios da meditação Bem Estar

Home > Matérias > Bem Estar > Conheça os benefícios da meditação

Se para muitos a meditação é uma prática ligada apenas à espiritualidade, para a comunidade científica, a técnica está relacionada a uma ampla variedade de benefícios à saúde, que têm sido comprovados em centenas de estudos ao redor do mundo. Centros médicos e, inclusive, o Sistema Único de Saúde (SUS) já adotam a meditação como abordagem complementar ao tratamento de diversas doenças.

 

Além de acalmar a mente e melhorar a concentração, o hábito de meditar tem sido associado a efeitos positivos no controle de doenças como depressão, ansiedade, hipertensão, problemas respiratórios e gástricos, dor crônica, insônia, além de atuar na prevenção do declínio cognitivo.

 

Os benefícios são alcançados em razão do poder calmante da meditação, que diminui os níveis de estresse e melhora a sensação de bem-estar. De acordo com informações do Programa de Meditação aplicada à Saúde e Bem-estar da Faculdade de Saúde Pública da USP, a meditação diminui a liberação de hormônios como o cortisol e adrenalina, ligados ao estresse, mantém ativas áreas do cérebro associadas à felicidade e promove a regulação do funcionamento do sistema imunológico, o que impacta na saúde como um todo.

 

Além disso, imagens de ressonância magnética já mostraram que durante a técnica diversas mudanças benéficas acontecem no cérebro. Segundo um famoso estudo da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a meditação é capaz de ampliar áreas do cérebro responsáveis pela concentração, aprendizagem, memória e regulação emocional.

 

Como meditar

 

Existem diversos tipos de meditação que diferem na duração e método (em silencio, repetindo mantras, etc.). Essas variações não influenciam nos resultados benéficos da prática. Basta escolher a que você mais se identifica.

 

A meditação mindfulness (atenção plena) é uma das técnicas mais populares no meio médico. Ela se baseia em focar a atenção no momento presente, sem se deixar levar por pensamentos repentinos e julgamentos.

 

Assim, podem ser utilizadas algumas “âncoras” para trabalhar a observação consciente, como respiração, sensações e movimentos corporais. Veja a seguir um exercício de meditação mindfulness:

 

1 – Escolha um lugar silencioso, com pouca ou nenhuma distração.

 

2 – Em uma posição confortável, que pode ser sentada ou deitada, deixe seu corpo se estabilizar.

 

3 – Faça uma ou duas respirações profundas para trazer a atenção para o corpo. Seus olhos podem ficar abertos ou fechados.

 

4 – Comece, então, a observar lentamente as sensações do seu corpo. Exemplos: o ar entrando e saindo pelas narinas, o contato das nádegas com o chão, a temperatura da pele e até possíveis desconfortos.

 

5 – Caso alguma distração, pensamento ou sensação vier à tona. Não faça nada. Só os perceba e os deixe passar, sem julgá-los ou se prender a eles.

 

6 – Termine a prática lentamente.

 

Dicas

 

  • É importante ter um despertador, que marque o fim da sessão. Assim você não fica preocupado em olhar o relógio.

  • Comece a meditar em períodos curtos, de 5-10 minutos, e vá aumentando progressivamente, conforme sua disponibilidade.

  • O uso de meditações áudio-guiadas pode ajudar.

  • Seja persistente e regular com a meditação! Quanto mais praticar, mais benefícios e progressos você alcançará.

Voltar