Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
Iniciativa disponível para algumas localidades
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os beneficiários SulAmérica Saúde e a participação está sujeita às condições de elegibilidade. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Pular café da manhã eleva o risco de doenças cardiovasculares Bem Estar

Home > Matérias > Bem Estar > Pular café da manhã eleva o risco de doenças cardiovasculares

SulAmérica_Estudo Café da Manhã (1)_1Pular café da manhã eleva o risco de doenças cardiovasculares

Novo estudo sugere que aqueles que pulam o desjejum têm mais propensão a acumular placas de gordura nas artérias

Se você pula o café da manhã, tenha cuidado: a saúde do seu coração pode estar em risco! De acordo com um estudo espanhol recente, quem deixa de fazer essa refeição ou se alimenta mal ao começar o dia tem mais chances de desenvolver aterosclerose, processo caracterizado pela formação de placas de gorduras na parede das artérias, o que pode levar a doenças cardiovasculares. 

A pesquisa, realizada pelo Centro Nacional de Estudos Cardiovasculares Carlos III, em Madri, na Espanha, avaliou durante seis anos mais de quatro mil pessoas de meia idade, sem histórico prévio de doenças cardiovasculares. E os resultados obtidos foram alarmantes.

Mais de 70% dos voluntários que consumiam poucas calorias no desjejum apresentavam sinal de lesões nas artérias mesmo sem manifestar sintomas. E 3% dos que não faziam essa refeição tinham em média duas vezes mais gordura nas artérias do que aqueles que tomavam um café da manhã de alto teor calórico, independente de apresentarem ou não fatores de risco, como tabagismo e altos níveis de colesterol.

As conclusões tiveram como base questionários detalhados sobre as refeições dos participantes, análise de dados de saúde, além de exames de ultrassom para identificar os eventuais acúmulos de gordura nas artérias ou sinais precursores de doenças do coração.

 

Relógio biológico em desequilíbrio

A explicação dos cientistas para esses resultados é que ao pular a primeira refeição do dia ou comer muito pouco pela manhã gera um desequilíbrio no relógio biológico do organismo, o que faz com que o indivíduo sinta mais fome e consuma alimentos mais calóricos ao longo do dia, elevando a quantidade de gorduras no sangue e, consequentemente, nas artérias.

Estilo de vida pouco saudável: um vilão para a saúde do coração

Outra possibilidade é que o hábito de não fazer o desjejum esteja ligado a um estilo de vida pouco saudável. Os cientistas alegam que aqueles que pulam o café da manhã tendem a ser desregrados em relação à alimentação, ou seja, comem altas quantidades de alimentos gordurosos e industrializados, fumam, consomem bebidas alcoólicas regularmente e, ainda, são propensos à obesidade e pressão alta.

Anteriormente, outros estudos já associaram que pular o café da manhã pode aumentar a probabilidade de desenvolvimento de doença arterial coronariana. Além disso, existem pesquisas que relacionam um café da manhã saudável com um bom estado de saúde, baixa gordura corporal e menos risco de hipertensão e diabetes.

Doenças cardiovasculares: causa nº 1 de mortes no mundo

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares matam mais de 17 milhões de pessoas anualmente, representando a principal causa de mortes no mundo.

Cerca de 80% de todos os óbitos ocorrem em decorrência de infartos e derrames, provocados por bloqueio e obstrução das artérias do coração, que, na maior parte dos casos, poderiam ser prevenidos.

Portanto, é fundamental ficar atento para evitar os fatores de risco dessas doenças. Faça todas as refeições do dia de forma equilibrada. Inclua mais vegetais, frutas e peixes na sua dieta e diminua o consumo de sal, itens gordurosos e industrializadas. Além disso, mantenha seu peso ideal, evite o cigarro e pratique atividades físicas regulares. O seu coração agradece!

Voltar