Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

/ /
-
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os Segurados SulAmérica Saúde. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Lúpus e Gravidez Saúde da Mulher

Home > Matérias > Saúde da Mulher > Lúpus e Gravidez

Você sabe o que é Lúpus?

O Lúpus ou Lúpus eritematoso sistêmico é uma doença autoimune que pode prejudicar as articulações, a pele, os rins e outros órgãos do nosso corpo. Acontece quando o nosso sistema imunológico (a defesa do corpo) ataca e destrói tecidos saudáveis do próprio corpo. Ocorre com mais frequência em mulheres. Essa doença deve ser controlada para que o portador tenha uma vida tranquila.

A mulher que é portadora de Lúpus deve estar atenta, antes mesmo de engravidar. O ideal é que a doença esteja inativa por pelo menos seis meses antes da concepção, evitando riscos para a mãe e para o bebê.

Você tem Lúpus e engravidou... e agora?

A gravidez de uma mulher com Lúpus é considerada uma gravidez de risco. A gestante portadora de Lúpus deve, em primeiro lugar, fazer um acompanhamento especial com seu médico e reumatologista. Informar o obstetra de sua condição é essencial para a manutenção de uma gravidez saudável!

 

Alguns cuidados devem ser tomados durante a gestação:

  • Proteger-se do sol;
  • Evitar situações de estresse;
  • Manter hábitos saudáveis de alimentação;
  • Praticar exercícios físicos regulares e supervisionados;
  • Evitar alimentos com excesso de sal;
  • Controlar a pressão arterial

ATENÇÃO ESPECIAL AOS MEDICAMENTOS!

Os medicamentos usados no tratamento das consequências do Lúpus geralmente podem prejudicar o bebê. Por isso, é necessário consultar o obstetra para que ele possa optar por um medicamento menos agressivo, adequado para cada situação. 

É importante saber que as mulheres com Lúpus dão à luz crianças normais; há risco do bebê nascer prematuro ou com baixo peso, e ainda uma chance pequena de abortamento.

 Algumas vezes o bebê pode ter os batimentos cardíacos mais lentos, o que está relacionado à presença de um anticorpo do sangue da mãe que passa para o bebê pela placenta. Apesar disso,a maioria dos bebês não apresenta complicações.

Esse anticorpo também pode causar algumas manchinhas no corpo do bebê, mas não se assuste! Essa é uma situação chamada de Lúpus neo-natal, e não é indicativo de que o bebê tenha Lúpus.

 

Quando todos os cuidados são tomados e o acompanhamento é feito corretamente, a gravidez pode ocorrer de maneira tranquila.

 

Voltar