Participe das Iniciativas

O SulAmérica Saúde Ativa foi feito para você! Por isso trazemos iniciativas
para uma vida mais saudável, que oferecem cuidados por completo.

Iniciativa desejada

Dados pessoais

//
-
Clínicas disponíveis para algumas localidades de São Paulo/SP. Indique no campo "Observações" a localidade de sua preferência: Freguesia do Ó, Indianópolis, Lapa, Paraíso, Pinheiros, Santana, Sta Cecília, Sta Cruz , Sto Amaro, São Judas, São Miguel, Tatuapé
*Campos obrigatórios

As Iniciativas Saúde Ativa estão disponíveis para os beneficiários SulAmérica Saúde e a participação está sujeita às condições de elegibilidade. Para conhecê-las, clique em Pra Você > Iniciativas.

Se preferir, entre em contato via e-mail saudeativa@sulamerica.com.br ou pela Central de Atendimento
SulAmérica 0800-970-0500 para tirar suas dúvidas ou participar da iniciativa.

Recebemos seu interesse em participar do Saúde Ativa! Em breve entraremos em contato.
OK

Matérias



Como reconhecer os sinais de AVC e infarto? Doenças Crônicas

Home > Matérias > Doenças Crônicas > Como reconhecer os sinais de AVC e infarto?


sulamerica_2020_saude_artigo_sinais-avc-infarto_header2
As doenças cardiovasculares, como infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca, são as principais causas de morte no Brasil. Elas correspondem a cerca de 30% dos óbitos registrados no país, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia.

O medo de contaminação pela COVID-19 tem afastado muita gente que precisa de atendimento médico dos prontos-socorros. Pesquisadores italianos afirmam que houve um aumento de 58% no número de infartos fora dos hospitais ao longo dos primeiros 40 dias da pandemia no país. O mesmo cenário foi visto em Nova York, que registrou oito vezes mais mortes por infarto em casa, segundo o  site especializado Angioplasty.Org.

Ter um médico que acompanhe sua saúde é muito importante e ajuda no diagnóstico precoce de problemas cardiovasculares. Porém, em momentos de isolamento social e pandemia, é imprescindível conhecer os sinais e sintomas dessas doenças do coração e saber quando procurar ajuda médica. Afinal, situações de emergência oferecem um maior risco de morte, como é o caso do infarto.


sulamerica_2020_saude_artigo_sinais-avc-infarto_01

Mais conhecido como ataque cardíaco, o infarto do miocárdio acontece quando o fluxo de sangue nas artérias que nutrem o coração é interrompido. Dessa forma, o coração não recebe sangue e oxigênio suficientes para se manter em atividade. A maioria das pessoas associa o infarto a uma dor forte no peito, mas nem sempre é assim. Alguns sinais e sintomas frequentes do infarto são:

  • Dor prolongada e intensa, com sensação de aperto no tórax e de início súbito, que geralmente dura cerca de 30 minutos (atenção principalmente quando a dor irradia para as costas, pescoço e ombros)

  • Palidez

  • Suor frio e intenso

  • Falta de ar

  • Cansaço

  • Náusea

  • Vômito

  • Azia e indigestão


sulamerica_2020_saude_artigo_sinais-avc-infarto_02

O acidente vascular cerebral (AVC) acontece quando vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. Alguns sinais de alerta para qualquer tipo de AVC — conhecido popularmente como derrame — são:

  • Fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um dos lados do corpo

  • Confusão mental

  • Alteração da fala ou da compreensão

  • Alteração na visão (em um ou em ambos os olhos)

  • Alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar

  • Dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente


sulamerica_2020_saude_artigo_sinais-avc-infarto_03

Se você estiver diante de sinais ou sintomas de uma doença cardiovascular, a recomendação é procurar imediatamente um serviço de urgência hospitalar.

Com a pandemia, o receio de estar em contato com o novo coronavírus é grande e não se deve correr riscos desnecessários. Porém, não hesite em sair de casa se tiver os sintomas.  Quanto mais precoce for o atendimento nesses casos, menor a probabilidade de complicações e morte.


Caso você necessite de mais orientações
: os beneficiários da SulAmérica podem contar com a Orientação Médica Telefônica para falar com um profissional de saúde e tirar suas dúvidas,
clique aqui e saiba mais. 


Voltar